Destaques

Engenharias

O cenário da 4ª Revolução Industrial pauta as adaptações das diversas áreas da engenharia e inclui novas tecnologias aos processos técnicos e lógicos tradicionais

Por Mathias Sallit e Patrícia Carvalho

ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA

O tema “meio ambiente” está cada vez mais em discussão. Seja pela sociedade, seja por grandes empresas, o assunto deve ser tratado como prioridade nos dias atuais. Por isso, a Engenharia Ambiental e Sanitária é área fundamental para o debate sobre a preservação da natureza. “É um ramo da engenharia que estuda os problemas ambientais de forma integrada nas suas dimensões ecológica, social, econômica e tecnológica, com vista a promover o desenvolvimento sustentável”, explica André Ribeiro, coordenador do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Federal de Lavras (UFLA), no interior de Minas Gerais.

O profissional vai desenvolver conhecimentos para atuar em áreas que estão com alta demanda, como saneamento, controle de poluição, recuperação de áreas degradadas, geoprocessamento e gestão e planejamento ambiental. Outra tendência é os engenheiros trabalharem no próprio negócio, com serviços de consultoria e soluções ambientais.

A graduação é multidisciplinar e conta com matérias de ciências biológicas, exatas, humanas e sociais. Uma boa faculdade deve oferecer laboratórios e campos experimentais adequados para a formação profissional, científica e comprometida socialmente do aluno.

 

Os melhores cursos

 

5 ESTRELAS

MG Itabira: Unifei | Itajubá: Unifei | Ouro Preto: Ufop | Viçosa: UFV

+ Info

 

4 ESTRELAS

AL Maceió: Ufal

BA Cruz das Almas: UFRB | Salvador: Unijorge | Xique-Xique: Uneb

CE Fortaleza: Unifor

DF Brasília: UnB

ES Vitória: Ifes

GO Goiânia: UFG | Rio Verde: IF Goiano

MG Belo Horizonte: UFMG | Juiz de Fora: UFJF | Lavras: Ufla | Uberaba: UFTM | Uberlândia: UFU

MS Campo Grande: UFMS | Dourados: Uems

PA Belém: Uepa, UFPA | Capanema: Ufra

PB Campina Grande: UEPB | João Pessoa: UFPB | Pombal: UFCG

PE Recife: Unicap

PR Campo Mourão: UTFPR | Curitiba: PUCPR, UFPR | Francisco Beltrão: UTFPR | Londrina: UTFPR | Medianeira: UTFPR

RJ Niterói: UFF | Rio de Janeiro: PUC-Rio, Uerj, UFRJ | Volta Redonda: UniFOA

RS Caçapava do Sul: Unipampa | Caxias do Sul: UCS | Cerro Largo: UFFS-RS | Erechim: UFFS-RS | Frederico Westphalen: UFSM | Pelotas: UFPel | Porto Alegre: UFRGS | Santa Maria: UFN, UFSM | São Leopoldo: Unisinos

SC Chapecó: UFFS-SC | Florianópolis: UFSC | Itajaí: Univali | Lages: Udesc

SE Aracaju: Unit-SE

SP Campinas: PUC-Campinas | Limeira: Unicamp | Lorena: USP | Presidente Prudente: Unesp | Rio Claro: Unesp | Santos: Unifesp | São Carlos: USP | São José dos Campos: Unesp, Univap | São Paulo: USP | Sorocaba: Unesp

+ Info

 

ENGENHARIA CIVIL

Com a formação no curso de Engenharia Civil, o profissional da área tem diversas possibilidades de atuação, em setores como construção, projetos, indústria, gestão e empreendedorismo. Para exercer essas atividades, porém, além do diploma é necessário estar registrado no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea). “Sustentabilidade, projetos sob metodologia interoperável, realidade aumentada, automação predial e surgimento de startups consistem em tendências que se tornam cada vez mais difundidas, tornando-se características relevantes para a fixação do profissional no mercado atual”, esclarece Ítalo Salomão, coordenador do curso de Engenharia Civil da Universidade de Fortaleza (Unifor), no Ceará.

Para atender às novas demandas, uma boa graduação deve acompanhar as inovações do mercado de trabalho e repassar essas atualizações aos alunos por meio dos conteúdos curriculares do curso e do incentivo à pesquisa.

 

Os melhores cursos

 

5 ESTRELAS

AL Maceió: Ufal

PE Cabo de Santo Agostinho: UFRPE

SP São Carlos: USP | São Paulo: USP
+ Info

 

4 ESTRELAS

AL Delmiro Gouveia: Ufal | Palmeira dos Índios: Ifal

AM Manaus: Ifam

BA Feira de Santana: Uefs | Juazeiro: Univasf-BA

CE Fortaleza: Unifor | Russas: UFC

DF Brasília: Iesb, UDF

ES Vitória: Ufes

GO Catalão: UFG | Goiânia: PUC Goiás, UFG, Uniceug | Goiás: Faceg-GO

MG Belo Horizonte: Cefet-MG, Ibmec-MG, UFMG | Betim: Faculdade Una de Betim | Itajubá: Unifei | Juiz de Fora: UFJF | Lavras: Ufla | Ouro Branco: UFSJ | Ouro Preto: Ufop | Pouso Alegre: Ifsuldeminas | Rio Paranaíba: UFV | Uberaba: UFTM | Uberlândia: UFU, Uniube | Viçosa: UFV

MS Campo Grande: UCDB, UFMS | Dourados: Unigran

MT Cuiabá: Uniasselvi-Cuiabá

PA Belém: UFPA

PB Campina Grande: UFCG | João Pessoa: Unipê

PE Caruaru: UFPE | Recife: UFPE, UPE

PI Teresina: UFPI

PR Campo Mourão: UTFPR | Cascavel: Unioeste | Curitiba: PUCPR, UFPR, UP, UTFPR | Foz do Iguaçu: Unila | Guarapuava: UTFPR | Londrina: UEL | Maringá: UEM | Ponta Grossa: UEPG | Toledo: UTFPR

RJ Campos dos Goytacazes: Uenf, Ucam | Macaé: UFRJ | Niterói: UFF | Rio de Janeiro: PUC-Rio, Uerj, UFRJ | Vassouras: Universidade de Vassouras

RO Porto Velho: Faro-RO

RS Alegrete: Unipampa | Ijuí: Unijuí | Passo Fundo: UPF | Porto Alegre: PUCRS, UFRGS | São Leopoldo: Unisinos

SC Blumenau: Furb | Criciúma: Unesc-SC | Florianópolis: UFSC | Joaçaba: Unoesc | Joinville: UFSC

SE São Cristóvão: UFS

SP Bauru: Unesp | Campinas: Mackenzie, PUC-Campinas, Unicamp | Franca: Unifran | Guaratinguetá: Unesp | Ilha Solteira: Unesp | Piracicaba: EEP-Fumep | Santos: Unisantos | São Bernardo do Campo: Centro Universitário FEI | São Caetano do Sul: Mauá | São Carlos: UFSCar | São Paulo: Faap, Mackenzie, PUC-SP, UMC | Sorocaba: Facens | Votuporanga: IFSP

TO Palmas: IFTO | Porto Nacional: Itpac Porto

+ Info

 

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

Disciplinas das áreas de engenharia e da computação se misturam para formar esse curso, que vai gerar profissionais capacitados em analisar problemas e utilizar as diversas ferramentas da informática para solucionar as situações. Os estudantes serão preparados para atuar com programação, análise de algoritmos, banco de dados e redes de computadores. “O mundo da computação é vasto e as aplicações são inúmeras, basta analisar o cenário e aplicar as técnicas para solução dos problemas”, conta Edvaldo Lima, coordenador do curso de Engenharia da Computação da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), em Mato Grosso do Sul. Com a presença da internet na vida de pessoas de todas as idades, as áreas em alta são de desenvolvimento de aplicativos e de sistemas de hardware (computador) e software (programas operacionais). Outra tendência é a análise de dados, cada vez mais presente em tecnologias de empresas comerciais.

A infraestrutura do laboratório de informática é um dos principais fatores para um bom curso. Lima também destaca que as aulas devem oferecer aos alunos conhecimentos na área de engenharia, em computação e nas ferramentas de desenvolvimento.

 

Os melhores cursos

 

5 ESTRELAS

MG Belo Horizonte: Cefet-MG

PE Recife: UFPE

RJ Rio de Janeiro: PUC-Rio

RS Porto Alegre: PUCRS

SP Campinas: Unicamp | São Carlos: UFSCar | São Paulo: USP

+ Info

 

4 ESTRELAS

AL Maceió: Ufal

AM Manaus: Ufam

BA Feira de Santana: Uefs

CE Quixadá: UFC | Sobral: UFC

DF Brasília: UnB

ES Vitória: Ufes

GO Goiânia: UFG

MG Belo Horizonte: PUC Minas | Itabira: Unifei | Itajubá: Unifei | João Monlevade: Ufop | Juiz de Fora: UFJF | Santa Rita do Sapucaí: Inatel | Uberlândia: UFU

MS Campo Grande: UFMS

PE Recife: UPE

PR Curitiba: PUCPR, UP, UTFPR | Pato Branco: UTFPR | Ponta Grossa: UEPG

RJ Nova Friburgo: Uerj | Petrópolis: Cefet-RJ | Rio de Janeiro: UFRJ

RS Caxias do Sul: UCS | Pelotas: UFPel | Porto Alegre: UFRGS | Santa Maria: UFSM | São Leopoldo: Unisinos

SC Araranguá: UFSC | Itajaí: Univali

SE São Cristóvão: UFS

SP Campinas: PUC-Campinas | Itatiba: USF | Ribeirão Preto: Unaerp | São Carlos: USP | São Paulo: Fiap, Insper, Senac-SP, Universidade Anhembi Morumbi | Sorocaba: Facens

+ Info

ENGENHARIA DE ALIMENTOS

Por trás da produção de muitos alimentos que fazem parte da rotina diária dos brasileiros, está o engenheiro de alimentos. Esse profissional é responsável pelo gerenciamento de recursos naturais, consumo sustentável, melhoria de processos produtivos, supervisão dos padrões de qualidade e desenvolvimento de projetos de unidades de processamento.

O mercado de trabalho para esse engenheiro se concentra em indústrias alimentícias e propriedades agrícolas. Segundo Maria Teresa Freire, coordenadora do curso de Engenharia de Alimentos da Universidade de São Paulo (USP), as transformações na sociedade e a maior preocupação com a alimentação tornaram a sustentabilidade uma grande tendência no mercado. Outro setor de destaque apontado pela coordenadora é a utilização de novas tecnologias: “Temos a consolidação da indústria 4.0 incluindo tecnologias GRIN, traduzidas por genética, robótica, internet e nanotecnologia compondo importantes desafios para o futuro dessa carreira”.

Para formar esses profissionais, além de uma infraestrutura que garanta laboratórios com equipamentos avançados, é essencial que o curso dê incentivo aos alunos na busca por estágios, para que eles possam se preparar bem para a entrada no mercado de trabalho.

 

Os melhores cursos

 

5 ESTRELAS

MG Lavras: Ufla | Viçosa: UFV

SP Campinas: Unicamp | Pirassununga: USP

+ Info

 

4 ESTRELAS

BA Feira de Santana: Uefs | Itapetinga: Uesb

CE Fortaleza: UFC

GO Goiânia: UFG | Rio Verde: IF Goiano

MG Florestal: UFV | Inconfidentes: Ifsuldeminas | Montes Claros: UFMG | Patos de Minas: UFU | Sete Lagoas: UFSJ | Uberaba: UFTM

MS Dourados: UFGD

PA Belém: UFPA

PB Campina Grande: UFCG | João Pessoa: UFPB | Pombal: UFCG

PE Garanhuns: UFRPE | Recife: UFPE

PR Campo Mourão: UTFPR | Francisco Beltrão: UTFPR | Laranjeiras do Sul: UFFS-PR | Maringá: UEM | Medianeira: UTFPR | Ponta Grossa: UEPG | Umuarama: UEM

RJ Rio de Janeiro: UFRJ | Valença: Cefet-RJ

RN Natal: UFRN

RO Ariquemes: Unir

RS Bagé: Unipampa | Passo Fundo: UPF | Porto Alegre: UFRGS | São Leopoldo: Unisinos

SC Chapecó: Unochapecó | Concórdia: IFC | Florianópolis: UFSC

SE São Cristóvão: UFS

SP São Caetano do Sul: Mauá | São José do Rio Preto: Unesp

+ Info

ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO

A tecnologia tem tornado os sistemas produtivos das indústrias cada vez mais inteligentes e automatizados. “Praticamente todos os processos e produtos hoje necessitam de automação”, conta Renato Giacomini, coordenador do curso de Engenharia de Controle e Automação do Centro Universitário FEI, em São Bernardo do Campo (SP). O engenheiro de Automação e Controle é o responsável pelo desenvolvimento de sistemas inteligentes e do uso da robótica e eletrônica para automação, tanto de produtos como dos processos produtivos.

O conhecimento tecnológico desenvolvido no curso vai colocar o profissional no setor industrial, com forte presença na automação de plantas de fábricas, para deixar os processos mais eficientes e possibilitar novos projetos. Também existem muitos engenheiros de automação que atuam de forma independente como consultores ou desenvolvedores e, hoje, há novas tendências que aquecem a área, como a segurança veicular, veículos autônomos e a robótica móvel.

Para uma boa formação, uma faculdade deve oferecer pesquisa de ponta no ambiente de aprendizado, oportunidades de acesso ao mercado de trabalho, com projetos em conjunto com empresas da área, e sólida formação prática e teórica.

 

Os melhores cursos

 

5 ESTRELAS

MG Itajubá: Unifei

PR Curitiba: UTFPR

SP Campinas: Unicamp

+ Info

 

4 ESTRELAS

AM Manaus: Ifam

BA Salvador: Senai Cimatec

ES Serra: Ifes

MG Belo Horizonte: PUC Minas, UFMG | Itabira: Unifei | Lavras: Ufla | Leopoldina: Cefet-MG | Ouro Preto: Ufop | Santa Rita do Sapucaí: Inatel | Uberlândia: UFU

PA Belém: IFPA

PE Recife: UPE

PR Cornélio Procópio: UTFPR | Curitiba: PUCPR

RJ Rio de Janeiro: PUC-Rio, UFRJ

RS Farroupilha: IFRS | Porto Alegre: PUCRS, UFRGS | Santa Maria: UFSM | São Leopoldo: Unisinos

SC Blumenau: UFSC | Chapecó: IFSC | Florianópolis: UFSC | Luzerna: IFC

SP São Bernardo do Campo: Centro Universitário FEI | São Caetano do Sul: Mauá | São Paulo: IFSP | Sorocaba: Unesp

+ Info

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

A 4ª Revolução Industrial em que o mundo se encontra expõe a necessidade de empresas e fábricas trabalharem com interação, inovação e tecnologia para se manterem no mercado. “A cada dia se torna maior a fusão do mundo físico com o digital e surgem estruturas de produção, dotadas de dispositivos ‘inteligentes’ ligados à rede, com grandes capacidades de comunicação”, explica Yvelyne Santos, coordenadora do curso de Engenharia de Produção da Universidade do Estado do Pará (Uepa).

O papel da Engenharia de Produção é unir essas novas tendências e buscar eficiência em recursos materiais e humanos em todo o processo produtivo para otimizar o trabalho, a qualidade do produto e a saúde dos trabalhadores. Algumas das atuações desse engenheiro são com internet das coisas, inteligência artificial, sistemas de análise de dados e recursos de business intelligence.

Uma grade curricular atualizada e parcerias com empresas e com universidades estrangeiras são pontos destacados por Yvelyne para estruturar bem um curso na área, com ensino que dê autonomia e confiança ao aluno, com pesquisas inovadoras e com atividades de extensão que contribuam para o desenvolvimento local e dos estudantes.

 

Os melhores cursos

 

5 ESTRELAS

RS Porto Alegre: UFRGS

SP Limeira: Unicamp | São Carlos: USP | São Paulo: USP

+ Info

 

4 ESTRELAS

AM Manaus: Ufam

CE Fortaleza: UFC | Sobral: Uninta

DF Brasília: UnB

ES Cariacica: Ifes | Vitória: Ufes

GO Aparecida de Goiânia: UFG | Catalão: UFG | Goiânia: PUC Goiás

MG Belo Horizonte: PUC Minas, UFMG | Betim: PUC Minas | Itabira: Unifei | Itajubá: Unifei | Ituiutaba: UFU | João Monlevade: Ufop | Juiz de Fora: UFJF | Ouro Preto: Ufop | Poços de Caldas: PUC Minas | Viçosa: UFV

MS Dourados: UFGD

PE Caruaru: UFPE

PR Curitiba: PUCPR, UFPR | Goioerê: UEM | Londrina: UTFPR | Maringá: UEM | Medianeira: UTFPR | Toledo: PUCPR

RJ Niterói: UFF | Resende: AEDB, Uerj | Rio das Ostras: UFF | Rio de Janeiro: Cefet-RJ, PUC-Rio, UFRJ | Volta Redonda: UFF

RS Bagé: Unipampa | Bento Gonçalves: UCS | Caxias do Sul: UCS | Passo Fundo: UPF | Pelotas: UFPel | Porto Alegre: PUCRS, Unisinos | São Leopoldo: Unisinos

SC Florianópolis: UFSC | São Bento do Sul: Udesc

SP Bauru: Unesp | Campinas: Mackenzie, PUC-Campinas | Guaratinguetá: Unesp | Itapeva: Unesp | Lorena: USP | Piracicaba: EEP-Fumep | Santa Bárbara d’Oeste: Unimep | São Bernardo do Campo: Centro Universitário FEI | São Caetano do Sul: Mauá | São Carlos: UFSCar | São Paulo: Mackenzie, PUC-SP, Universidade Anhembi Morumbi | Sorocaba: UFSCar

+ Info

ENGENHARIA ELÉTRICA

Com amplas possibilidades de atuação, o profissional de Engenharia Elétrica está envolvido com processos que vão do projeto à instalação dos setores que operam com geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. “Em tudo que existir e funcionar com eletricidade, o engenheiro eletricista pode atuar”, afirma Bruno de Almeida, coordenador do curso de Engenharia Elétrica da Universidade de Fortaleza (Unifor). “Tudo está sendo convertido a ser movido por energia elétrica, de aviões a automóveis, residências inteligentes e sistemas de geração de energias renováveis”, completa.

A Engenharia Elétrica é fundamental também na elaboração de novos caminhos mais sustentáveis de fontes de energia renovável. Atualmente, o mercado no Brasil tem dado bastante destaque à energia solar fotovoltaica, o que tem aberto oportunidades para a atuação na área.

Além de toda a estrutura física do câmpus, a formação em Engenharia Elétrica também depende de bons professores. “Eles são verdadeiros instrumentos de mentoria no aumento da maturidade do aluno para que ele possa estar pronto para os desafios do mercado já dentro da formação”, conta o professor Antônio Macedo, da Unifor.

 

Os melhores cursos

 

5 ESTRELAS

BA Juazeiro: Univasf-BA

MG Itajubá: Unifei

RJ Rio de Janeiro: PUC-Rio

RN Natal: UFRN

SC Florianópolis: UFSC

SP Campinas: Unicamp | São Carlos: USP Engenharia Elétrica (Eletrônica), USP Engenharia Elétrica (Sistemas de Energia e Automação)

+ Info

 

4 ESTRELAS

BA Salvador: Senai Cimatec

CE Fortaleza: UFC, Unifor | Sobral: UFC

DF Brasília: UnB

ES Vitória: Ufes

GO Goiânia: UFG

MA São Luís: UFMA

MG Belo Horizonte: Cefet-MG, PUC Minas, UFMG | Itabira: Unifei | João Monlevade: Ufop | Juiz de Fora: UFJF | Poços de Caldas: PUC Minas | São João del Rey: UFSJ | Uberaba: UFTM | Uberlândia: UFU | Viçosa: UFV

MS Campo Grande: UFMS

PB Campina Grande: UFCG | João Pessoa: IFPB

PE Cabo de Santo Agostinho: UFRPE | Recife: UFPE, UPE, UniFBV | Wyden

PI Teresina: UFPI

PR Curitiba: PUCPR, UFPR, UP, UTFPR | Londrina: UEL | Medianeira: UTFPR | Pato Branco: UTFPR | Ponta Grossa: UTFPR

RJ Rio de Janeiro: UFRJ | Volta Redonda: UniFOA

RO Porto Velho: Unir

RS Caxias do Sul: UCS | Pelotas: IFSul | Porto Alegre: PUCRS, UFRGS | Santa Maria: UFSM | São Leopoldo: Unisinos

SC Blumenau: Furb | Florianópolis: IFSC | Jaraguá do Sul: Católica SC | Joinville: Udesc

SP Bauru: Unesp | Guaratinguetá: Unesp | Ilha Solteira: Unesp | São Bernardo do Campo: Centro Universitário FEI | São Caetano do Sul: Mauá | São Carlos: UFSCar | São Paulo: Mackenzie | Sorocaba: Facens

+ Info

ENGENHARIA MECÂNICA

A Mecânica é uma das engenharias que remetem às indústrias e seus processos de produção. “É difícil imaginar um setor da indústria que não conte com um engenheiro mecânico em seu quadro de funcionários”, afirma Antônio Maia, coordenador do curso de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Esse profissional atua em toda a grade produtiva, desde projeto, fabricação e manutenção de equipamentos e produtos até o desenvolvimento, gestão e modernização do processo produtivo. “Existe uma clara tendência de modernização dos complexos industriais de forma a permitir a aplicação dos conceitos da Indústria 4.0 e obter processos mais eficientes e confiáveis”, conta o coordenador.

Com uma base sólida em matemática e análises de dados, o engenheiro mecânico também tem espaço em empresas de consultoria e bancos, no setor público, no campo acadêmico e no empreendedorismo.

Para formar um bom profissional, a faculdade deve permitir ao aluno exercitar habilidades essenciais na área. “[O curso] deve criar um ambiente adequado para aperfeiçoar a criatividade, aprimorar as relações interpessoais, exercitar o trabalho em equipe e a capacidade de resolver problemas e gerir pessoas”, completa Maia.

 

Os melhores cursos

 

5 ESTRELAS

CE Fortaleza: UFC

MG Belo Horizonte: UFMG | Itajubá: Unifei

SP Bauru: Unesp | São Carlos: USP | São Paulo: USP

+ Info

 

4 ESTRELAS

AM Manaus: Ufam

CE Russas: UFC

DF Brasília: UnB, UnB Engenharia Automotiva

MG Belo Horizonte: Cefet-MG, PUC Minas | Contagem: PUC Minas | Itabira: Unifei | Juiz de Fora: UFJF | Lavras: Ufla | Ouro Preto: Ufop | São João del Rey: UFSJ | Uberaba: UFTM | Uberlândia: UFU | Viçosa: UFV

PA Belém: UFPA | Marabá: Unifesspa

PB Campina Grande: UFCG

PE Caruaru: IFPE | Recife: UFPE

PR Cornélio Procópio: UTFPR | Curitiba: PUCPR, UFPR, UTFPR, UTP | Guarapuava: UTFPR | Londrina: UTFPR | Maringá: UEM | Pato Branco: UTFPR

RJ Niterói: UFF | Nova Friburgo: Uerj | Rio de Janeiro: Cefet-RJ, Ibmec-RJ, PUC-Rio, UFRJ | Volta Redonda: UFF

RN Natal: UFRN

RS Bento Gonçalves: UCS | Cachoeira do Sul: UFSM | Caxias do Sul: UCS | Farroupilha: IFRS | Passo Fundo: IFSul, UPF | Porto Alegre: PUCRS, UFRGS | Santa Maria: UFSM | São Leopoldo: Unisinos | Sapucaia do Sul: IFSul

SC Blumenau: Furb | Criciúma: Unesc-SC | Florianópolis: UFSC | Joinville: UFSC, Univille

SE São Cristóvão: UFS

SP Campinas: Unicamp | Guaratinguetá: Unesp | Ilha Solteira: Unesp | Itatiba: USF | Piracicaba: EEP-Fumep | São Bernardo do Campo: Centro Universitário FEI | São Caetano do Sul: Mauá | São Carlos: UFSCar | São Paulo: Mackenzie | Sorocaba: Facens

+ Info

ENGENHARIA QUÍMICA

As engenharias, de modo geral, são profissões valorizadas no mercado de trabalho pela versatilidade desses profissionais para se adaptar nos mais diferentes setores. Na Engenharia Química, “as áreas que concentram vagas são as indústrias química, farmacêutica e de petróleo. Entretanto, as áreas de biotecnologia e de engenharia de projeto são pouco desenvolvidas no País e crescem todo ano”, explica Celso Madureira, coordenador do curso de Engenharia Química do Instituto Federal do Sul de Minas.

Elaborar projetos de equipamentos ou de técnicas de extração e transformação de matérias-primas em produtos como celulose e papel, por exemplo, está entre as principais funções do engenheiro químico. Também é possível atuar como supervisor dos processos químicos ou, ainda, como pesquisador em institutos e universidades.

Uma boa formação na área pode ser um diferencial para ingressar no mercado de trabalho e, por esse motivo, o coordenador sugere que aspectos como as dependências físicas da instituição de ensino sejam avaliados. A presença de laboratórios é fundamental, pois boa parte da carga horária do curso é prática e deve ser realizada com o auxílio de equipamentos como agitadores, anemômetros e balanças.

 

Os melhores cursos

 

5 ESTRELAS

SP São Carlos: UFSCar

+ Info

 

4 ESTRELAS

AM Manaus: Ufam

BA Salvador: IFBA

CE Fortaleza: UFC

GO Goiânia: UFG

MG Belo Horizonte: PUC Minas, UFMG | Itajubá: Unifei | Montes Claros: IFNMG | Pouso Alegre: Ifsuldeminas | Uberaba: UFTM | Uberlândia: UFU | Viçosa: UFV

PA Marabá: Unifesspa

PB Campina Grande: UFCG

PE Recife: UFPE

PR Apucarana: UTFPR | Curitiba: UFPR | Francisco Beltrão: UTFPR | Maringá: UEM | Ponta Grossa: UTFPR | Toledo: Unioeste

RJ Niterói: UFF | Rio de Janeiro: PUC-Rio, Uerj, UFRJ

RN Natal: UFRN

RS Bagé: Unipampa | Caxias do Sul: UCS | Porto Alegre: PUCRS, UFRGS | São Leopoldo: Unisinos

SC Blumenau: Furb | Chapecó: Unochapecó | Florianópolis: UFSC | Tubarão: Unisul

SE São Cristóvão: UFS

SP Araraquara: Unesp | Campinas: Unicamp | Diadema: Unifesp | Lorena: USP | Ribeirão Preto: Unaerp | Santa Bárbara d’Oeste: Unimep | São Bernardo do Campo: Centro Universitário FEI | São João da Boa Vista: Unifae | São José do Rio Preto: Unorp | São José dos Campos: Univap | São Paulo: USP | Sorocaba: Uniso

+ Info

Edições passadas

Veja edição 2019