Vencedores São Paulo

  • 1Extra
  • 2Carrefour
  • 3Atacadão

Ficar do tamanho que o cliente quer e ocupar pouco tempo dele é a aposta das principais redes supermercadistas do País. Enquanto os hipermercados abrem lojas em formatos de bairro, os “atacarejos” ampliam o portfólio para atrair o público acostumado com compras menores — e mais caras.

A isso se somam facilidades para pagamento, compra e serviço de informações, combo que deve respaldar o crescimento de 3% do setor supermercadista esperado para 2019 pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Tetracampeão no Estadão Marcas Mais, o Extra inova nas soluções oferecidas aos clientes fidelizados. Além do Meu Desconto, programa do Clube Extra, há um desafio mensal personalizado com base nos gastos registrados no CPF e no histórico de compras. Ao se engajar e conquistar o desafio, o cliente encontra vales-compra, produtos grátis e vouchers de parceiros.

Segundo Marcelo Bazzali, diretor executivo do Extra, a identificação com o cliente ultrapassa os novos formatos de lojas focadas nas necessidades de cada localização, e inclui um calendário promocional com Pink Friday e Blue Friday.

“Ampliamos a tradicional ‘4ª Extra’ também para a terça-feira, criamos dias específicos de promoção como o Esquenta para Festa (com a Copa do Mundo como pano de fundo), o Alerta Vermelho e o Relâmpago”, acrescenta.

Por ora, a multicanalidade está concentrada no Extra Hiper Itaim Bibi, onde é possível pagar via aproximação de celular, pulseiras e outros dispositivos equipados com tecnologia de pagamento sem contato, dispensando uso de cartão de banco ou dinheiro.

Para Silvana Balbo, diretora de Marketing do Carrefour, vice-campeão na categoria Supermercados, “é fundamental fazer ações para o consumidor que quer tudo de forma rápida e prática, não abre mão do preço e acredita mais na opinião alheia sobre a marca do que na propaganda”. Mas como integrar esse comportamento ao serviço de transição alimentar implantado pela rede?

Após adquirir a Cybercook no fim de 2018, a rede passou a oferecer 100 mil receitas de baixo custo – jantar por pessoa na faixa de R$ 5.

Nas lojas físicas, o estímulo é mais nítido: os hipermercados contam com um corredor exclusivo para produtos de alimentação saudável.

Após identificar que 33% dos clientes que aderem ao Clique-Retire acabam comprando outros itens na loja na hora da retirada, Silvana informa que a companhia pensa em colocar a solução nas lojas com o formato de proximidade, no caso, o Carrefour Market. “Percebemos que o cliente quer ganhar tempo.”

Alinhado ao perfil de consumo do brasileiro, que busca economizar mesmo que isso signifique perder alguns confortos, o Atacadão, terceiro colocado, viu atingir 12% a quantidade de compras feitas por meio do Cartão de Crédito Atacadão.

Também para otimizar o pagamento, a rede implementou em suas lojas o “papa-filas”, sistema em que um funcionário escaneia todos os itens e dá ao cliente um papel com o valor final, de modo que, ao chegar ao caixa, apenas a conclusão do pagamento é necessária.

continuar lendo