Vencedores São Paulo

  • 1CVC
  • 2Decolar.com
  • 3Trivago

O levantamento “10 Principais Tendências Globais de Consumo 2019”, da consultoria Euromonitor International, indica que o desejo de viajar vai ganhar força entre consumidores de todo o mundo neste ano. Entre as tendências mencionadas no estudo, estão as chamadas viagens experimentais (como o ano sabático) e também uma maior demanda por viagens personalizadas e roteiros de “transformação interna” (autoconhecimento).

No ano passado, em todo o planeta, o setor de viagens cresceu 3,9%, com movimento de US$ 8,8 bilhões, e gerou 319 milhões de postos de trabalho. De acordo com a World Travel & Tourism Council (WTTC), no Brasil, o setor contribuiu com 8,1% do PIB e 6,9 milhões de empregos. Conforme a WTTC, o PIB Turístico cresceu 3,1%, uma das taxas mais elevadas na América do Sul, o dobro do índice de crescimento da economia brasileira.

Com a demanda em alta, ser lembrado pelo consumidor na hora de escolher o pacote faz muita diferença. E no setor de Empresas de Viagem, se destacou a tetracampeã CVC, seguida por Decolar e Trivago, conforme o Marcas Mais, parceria entre o Estadão e a TroianoBranding.

“Estar entre as marcas mais lembradas é um reconhecimento muito positivo e tem um valor imensurável para a CVC porque é um reconhecimento à assertividade do caminho que a companhia percorre”, diz Emerson Belan, diretor-geral da CVC.

Segundo o executivo, o brasileiro entendeu que o sonho da segunda residência (casa na praia, por exemplo) pode ser facilmente substituído por uma viagem. “A viagem tem esse efeito positivo, de trazer lembranças, ampliar conhecimentos sobre novas culturas e integrar as pessoas. Hoje, a viagem é encarada como merecimento, seja para descansar, seja para fazer novos amigos, seja para curtir as novas culturas, a gastronomia e as paisagens”, afirma Belan.

Na CVC, as viagens nacionais representam 60% do volume de vendas anuais da operadora, ante 40% das viagens ao exterior. Os destinos de sol e praia pelo Brasil lideram a preferência nacional e as vendas da CVC. Ao todo, 4 milhões de pessoas viajam por ano via agência.

O Decolar, empresa que já nasceu online, tem como diferencial dar autonomia ao viajante. O cliente pode escolher o hotel que preferir, o voo que melhor se encaixar no roteiro e comprar ingressos para atrações e tours no destino. Tudo sem precisar sair de casa, de maneira rápida, fácil, intuitiva e com uma economia que pode chegar a 35%, segundo a empresa.

“O Decolar vai continuar criando uma experiência de consumo diferenciada e buscando novas oportunidades de bons investimentos nos próximos anos”, afirma Alexandre Moshe, diretor-geral do Decolar. Em 2018, as receitas do Decolar totalizaram US$ 530 milhões em toda a América Latina. Hoje, 30% de todas as vendas do Decolar na América Latina são feitas por meio do aplicativo mobile.

A Trivago, site de buscas de hotéis na internet e que integra o grupo Expedia, tem buscado desde 2017 ampliar a oferta de hotéis e acomodações mais simples para os seus clientes como forma de ganhar espaço no mercado de turismo, como disse, em entrevista à agência de notícias Reuters, o presidente executivo da empresa, Rolf Schrömgens.

continuar lendo