Vencedores São Paulo

  • 1Mastercard
  • 2Visa
  • 3American Express

Comodidade e segurança são os principais motivos que levam os consumidores a trocar o dinheiro ou cheque pelo cartão na hora de pagar as contas. Essa mudança de hábito coloca o cartão, tanto de crédito quanto de débito, como o principal meio de pagamento usado no País.

No ano passado, 41,5% das quitações de débito foram feitas com a tarjeta, o que contabilizou R$ 1,55 trilhão, crescimento de quase 300% na comparação com 2009, quando foram R$ 400 bilhões em transações por meio do plástico, conforme dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs).

Os benefícios do uso do cartão, como acumular milhagens, aparecem também como um atrativo a mais para que a tarjeta caia no gosto popular.

Outro dado interessante está relacionado às compras não presenciais, que já representam 20,5% do total movimentado pelo cartão de crédito no País. Além disso, o pagamento por aproximação – com o uso de celulares, relógios, adesivos ou pulseiras – deve ser a próxima revolução nesse mercado.

“A tendência é alavancar a tecnologia de pagamento por aproximação. Educar um pouco e mostrar que é rápido, seguro e eficiente”, diz Sarah Buchwitz, vice-presidente de Comunicação e Marketing da Mastercard para Brasil e Cone Sul, bicampeã na categoria Cartões.

Apesar de estar engatinhando por aqui, na Austrália, 98% dos pagamentos já são por aproximação. “O brasileiro adota tecnologia mais rápido que a maioria da população mundial. Já quebrou a barreira, agora é só criar o hábito”, diz Sarah.

A executiva comenta que 2018 foi um ano de crescimento para a categoria de cartões. “O setor cresceu cerca de 14% no ano, avançamos mais que o mercado e as expectativas são excelentes”, avalia.

“Nosso propósito é ser um intermediário que conecta as pessoas ao que elas querem”, destaca o vice-presidente de Marketing da Visa, Sergio Giorgetti, segunda bandeira mais lembrada pelos clientes no Estadão Marcas Mais neste ano.

O executivo afirma ainda que, além das tarjetas, o uso do smartphone para pagamentos cresce a cada ano.

“São mais facilidades que chegam ao cliente trazendo muito mais segurança às operações”, avalia Giorgetti, ao lembrar que a estrutura de comunicação também tem sido um diferencial da marca. “Os clientes têm também uma série de benefícios ao usar o cartão. Para quem tem o DNA viajante, por exemplo, tem desconto de 10% em restaurantes nos Estados Unidos. Para os que têm o DNA gourmet, tem free valet em vários restaurantes, por exemplo”, cita o executivo.

Completando a lista está a americana American Express. No Brasil, os cartões American Express são emitidos pelo Bradesco. “Somos uma empresa global, presente em 130 países, e somos reconhecida pelo foco no cliente e em levar experiência a ele”, diz Rose Del Col, country manager da American Express no Brasil.

Entre as ações desenvolvidas pela marca, a executiva destaca a parceria com o Masp, em que o cliente compra um ingresso e ganha outro. “Nosso objetivo é fazer com que o momento de lazer se torne ainda mais especial”, diz.

continuar lendo