Vencedores São Paulo

  • 1Dolce Gusto
  • 2Nespresso
  • 3Três (3 Corações)

Um dos poucos setores com um crescimento vertiginoso, o mercado de cápsulas de bebidas responde por 2% a 2,5% da fatia de mercado no Brasil – volume que corresponde a até 600 mil sacas de café por ano, conforme a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic).

De acordo com estudo da consultoria Nielsen, hoje, 4,4% dos consumidores brasileiros – por volta de 2,3 milhões de pessoas – têm uma máquina de bebidas em cápsula em casa. Quase a metade (44,5%) desses lares está no Estado de São Paulo.

Segundo estudo feito pela Euromonitor International no fim do ano passado, os brasileiros passaram a ser a população que mais consome café no mundo, na frente dos Estados Unidos, da Indonésia, da Alemanha e do Japão.

Com a enorme quantidade de opções nas prateleiras, Dolce Gusto, Nespresso e Três Corações foram as mais lembradas pelos entrevistados no Marcas Mais. Para manter os consumidores fiéis, a Dolce Gusto afirma que é preciso estar sempre atento às expectativas dos consumidores. 

“Buscamos sempre inovações e oferta de produtos. No ano passado, lançamos um sistema inédito de personalização de caixas de cápsulas. Em formatos de 50 ou 100 cápsulas, a caixa pode ser composta por qualquer combinação”, afirma o gerente de Marketing de Nescafé Dolce Gusto, Tiago Buischi.

Para atender novos perfis de consumo, no ano passado, a empresa anunciou investimento de R$ 200 milhões na fábrica de Dolce Gusto em Montes Claros (MG) e lançou, em abril, as cápsulas de Starbucks para o sistema Dolce Gusto. A companhia produz no Brasil 13 variedades de itens. A fábrica de Minas Gerais conta hoje com cerca de 200 colaboradores diretos.

Presente em 80 países e com três fábricas, todas localizadas na Suíça, a Nespresso faz pesquisas constantes para entender os hábitos de consumo, interesses, gostos e engajamentos. “O relacionamento próximo com os consumidores nos permite desenvolver ações e campanhas assertivas que transmitem as mensagens globais da marca e que, ao mesmo tempo, se adaptam ao perfil do brasileiro”, afirma Marcos Djinishian, head de Marketing da Nespresso.

Djinishian diz que a empresa está sempre atrás de inovações para surpreender os clientes. “Todos os anos, apresentamos aos consumidores um calendário robusto de novidades e em 2019 não será diferente. Buscamos sempre aprimorar a experiência do consumidor e oferecer o que há de melhor em serviços e em cafés”, relata.

A Três Corações comemora os resultados do ano passado. Segundo Renata De Stefano, gerente executiva da Três, as vendas cresceram mais do que o dobro do mercado de cápsulas e máquinas, sendo a marca “que mais ganhou market share em ambos os segmentos”.

“Esses números falam por si e demonstram claramente a escolha do consumidor em relação aos nossos produtos”, diz Renata. Em 2018, a empresa teve faturamento de R$ 4,8 bilhões, valor 10% maior que o do ano passado. Para ela, o mercado de cápsulas “ainda é muito pequeno no Brasil e possui grande potencial de crescimento”.

continuar lendo