Vencedores São Paulo

  • 1Sadia
  • 2Nestlé
  • 3Perdigão

Aindústria brasileira de alimentos tem dado grande contribuição para a economia nacional. Só no ano passado, o setor gerou 13 mil novos postos de trabalho e foi responsável por um faturamento de R$ 656 bilhões, o que representa 9,6% do Produto Interno Bruto (PIB), conforme dados da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia).

Além do mercado interno, a indústria nacional é destaque internacional, como segundo maior exportador de alimentos industrializados do mundo. Segundo a entidade, o setor trabalha com a perspectiva de aumento de 2,5% a 3% no volume, de 3% a 4% das vendas reais e cerca de US$ 40 bilhões nas exportações. Como consequência da expectativa positiva, empregos podem crescer entre 2% e 3%.

Alimentação saudável e transparência no diálogo com o consumidor têm sido a aposta das líderes da pesquisa Estadão Marcas Mais. “No segmento dinâmico da alimentação, a relação de transparência é muito importante para o consumidor que busca propósito”, diz Cecilia Alexandre, gerente executiva de Marketing da Sadia.

Tetracampeã no ranking, a marca comemora 75 anos de existência.

“Para 2019, estamos preparando lançamentos de produtos que irão entregar conveniência e sabor, reforçando o pioneirismo e inovação da marca”, conta. “Além disso, continuamos o trabalho de comunicar nossos produtos de maneira inovadora, com o objetivo de estar cada vez mais próxima do dia a dia das pessoas.”

Vale destacar que recentemente a marca revisitou o seu posicionamento e percebeu que, para atender a dinâmica atual, eram necessários alguns ajustes. “Ao fazer essa reflexão, ficou constatado que não era necessário estabelecer uma nova dinâmica no relacionamento com o consumidor, mas, sim, resgatar alguns atributos que, assim como no passado, voltaram a ser valorizados hoje.”

Além disso, explica a executiva do grupo, uma nova realidade também passou a figurar nesse cenário, como a rastreabilidade e o uso de novas tecnologias para tornar os alimentos ainda mais saudáveis.

“Nos últimos anos, temos intensificado nossos pontos de contato direto com o consumidor. Conversamos com ele diariamente, seja por meio do nosso atendimento ao cliente, seja pelas redes sociais. E desenvolvemos produtos ou modificamos formulações e embalagens a partir do que ele nos diz”, explica o gerente de Marketing e Comunicação da Nestlé Brasil, Frank Pflaumer.

Entre essas mudanças, está o Ninho zero lactose, que foi desenvolvido a pedido das mães por meio do serviço ao consumidor. “Elas precisavam dar leite zero lactose para seus filhos, mas queriam que fosse Ninho, a sua marca de confiança. Nós as atendemos e essas mães reais estrelaram o filme de lançamento do produto.”

A gerente executiva de Marketing da Perdigão, Luciana Bulau, conta que a nova estratégia da marca enfatiza a comunicação por meio dos canais digitais. “Assim como o mercado dinâmico da alimentação, a Perdigão está sempre em busca de novidades que surpreendam e que atendam as necessidades dos brasileiros, considerando, claro, as particularidades de cada região”, diz a executiva.

“Recentemente lançamos a Mini Salsicha Perdigão, da linha Ouro, que serve como petisco, atendendo ao desejo dos fãs do produto”, exemplifica.

continuar lendo