Foto de Gladson Xavier no Pexels

A crise gerada pela pandemia do novo coronavírus tem causado danos à economia. Entre os empresários, o momento é de procurar soluções criativas, encontrando assim a melhor forma para atrair o consumidor. Com isso, para não deixar o negócio fechar, muitos empreendedores precisaram se reinventar.

Especialista em marketing digital, Bianca Ferraz explica que o momento é de entender as necessidades dos consumidores e colocar a criatividade em prática. “O empreendedor precisa ter foco e estudar as tendências de consumo. Há ferramentas gratuitas que mostram o que as pessoas estão procurando. O Google Trends é um exemplo. Neste momento, estudar e colocar a criatividade em prática é o melhor caminho”.

Oportunidades

Se por um lado o cenário é de incerteza, por outro, há quem encontre uma brecha para gerar novas oportunidades de negócios. Esse é o caso da Market4u, que encontrou no isolamento social uma forma de facilitar a vida de quem mora em prédios. A startup, que existe há um ano, instala mercados em condomínios.

“Com a chegada da pandemia, nosso projeto ganhou grandes proporções, devido a questão da segurança e reclusão. Assim nossa startup entrou em tração, com muitas pessoas pensando em empreender e também síndicos e administradoras querendo levar essa facilidade e inovação aos moradores”, conta o chief marketing officer, Fernando Castellon.

O mercado, que é instalado nas áreas comuns do condomínio, funciona com autoatendimento. Ou seja, não tem funcionários e atua na base da honestidade. Basta baixar o aplicativo e fazer as compras.

“Todos os pagamentos devem ser feitos pelo nosso aplicativo direto no celular do cliente. Muitas pessoas têm essa desconfiança ainda sobre a falta de honestidade. Existe um número muito baixo de furto e controlamos essas práticas por meio das câmeras e monitoramento 24h”.

O minimercado conta com equipamentos refrigerados e gôndolas com os produtos disponíveis em um mercado tradicional e funciona 24 horas por dia. Focados no atendimento personalizado, o Market4u estuda os hábitos de consumo dos clientes.

“Utilizamos o machine learning do nosso sistema e cada dia que passa estamos entendendo o perfil de consumo de todos os nossos clientes e o que eles realmente compram e buscam. Nosso mix é extenso e ofertamos: hortifruti, carnes, mercearia, limpeza e higiene, Sazonais, como flores, sushi, produtos de páscoa. Além de bebidas alcoólicas e não alcoólicas, bomboniere, congelados, pet, biscoitos, snacks e sorvetes”.

E o pós-pandemia?

Questionados sobre a vida do negócio no futuro sem pandemia, a startup pensa positivo e acredita que a solução veio para ficar. “Uma prova disso é que as construtoras já estão nos procurando para implementar o serviço em seus lançamentos e novas instalações”.

continuar lendo