Vencedores São Paulo

  • 01Brastemp
  • 02Electrolux
  • 03Consul / Philips Walita

O setor de eletrodomésticos foi um dos mais abalados pela recessão. A diminuição da renda do trabalhador adiou decisões de compra, impediu o consumo ou mudou o comportamento do comprador que, no limite, optou por produtos mais simples, para gastar menos. Os dados da empresa de consultoria GfK, que audita as vendas no varejo, apresentaram queda de 13% nas quantidades globais vendidas de eletrodomésticos da linha branca em 2016. No ano seguinte, porém, houve estabilização. E começaram os sinais de recuperação.

“Para nós, 2017 teve um saldo bem positivo”, diz Lourival Kiçula, presidente da Eletros, associação nacional dos maiores fabricantes de eletrônicos e eletrodomésticos do País. “Contabilizamos crescimento nas vendas em três dos quatro trimestres e, na média, crescimento de 21% no último ano. O primeiro trimestre de 2018 trouxe também números positivos. O setor está entusiasmado.”

A Whirlpool, dona das marcas Brastemp e Consul – respectivamente primeiro e terceiro lugar neste Marcas Mais –, anunciou em agosto de 2017 a maior renovação de linha de sua história no País e investiu mais de R$ 300 milhões no lançamento de 54 produtos (a maioria da Brastemp). A estratégia começou dois anos antes. “Estávamos entrando numa tremenda crise, seria muito fácil cortar o investimento e melhorar o resultado no curto prazo. Só que isso comprometeria o desempenho da empresa no longo prazo”, disse João Carlos Brega, presidente da empresa na América Latina, em entrevista à jornalista Márcia De Chiara, do Estadão.

O foco foi dado aos produtos de alto desempenho, com design e recursos incrementados, como uma geladeira capaz de conservar a carne resfriada por dez dias sem alteração de cor e manter a cerveja na temperatura certa e o purificador que produz água com gás. “É fundamental seguir investindo e ter a estratégia consolidada”, diz Paulo Miri, presidente de eletrodomésticos Brasil da Whirlpool. “Até hoje, o bordão ‘não é assim uma Brastemp’ é mencionado em conversas informais como medidor de qualidade. O novo slogan [Sem Dúvida, Brastemp, de 2016] reforça essa ideia.”

Já no caso da Consul, a estratégia da Whirlpool para manter a relevância da marca no mercado dá prioridade à amplitude do portfólio e busca reforçar o elo com o consumidor pela comunicação – a campanha Bem Pensado, de 2017, destacava a praticidade dos produtos.

A Walita afirma que prefere mostrar a falar. “A estratégia é oferecer produtos de qualidade, que impressionem”, diz Claudia Braidatto Zapparolli, diretora de marketing no Brasil da Philips, detentora da marca. “São tão resistentes, que damos dois anos de garantia, um tempo muito superior à média do mercado.” Claudia ressalta, ainda, um posicionamento alinhado às estratégias globais da matriz holandesa Philips: contribuir para a saúde, a sustentabilidade e a qualidade de vida. De certa forma, essa é a mensagem transmitida pela série O Seu Jeito de Comer Bem, no Youtube, produzida pela Walita. Os vídeos são curtinhos e as receitas, sem excessos, têm o preparo simplificado pelo uso de equipamentos da marca, como panela de pressão elétrica, mixer e processador.

O primeiro trimestre de 2018 foi positivo para os portáteis, mas a linha branca ainda não evoluiu

continuar lendo