O uso intensivo de tecnologias digitais para se aproximar dos clientes é parte da estratégia de atuação das marcas mais citadas na categoria Planos de Saúde. O setor tem vivido momentos difíceis nos últimos anos em razão da crise econômica e da diminuição das vagas de emprego formal. Na Amil, plano de saúde mais lembrado pelo segundo ano consecutivo no ranking Marcas Mais, inovar tem sido palavra de ordem para se manter no topo. “Nosso posicionamento permanece inalterado e alinhado à nossa missão, que é ajudar as pessoas a viver de forma mais saudável, mas também decidimos liderar os esforços para modernizar o sistema de saúde brasileiro”, diz o diretor de marketing e comunicação da Amil, Rodrigo Rocha. Para ele, a inovação é atributo fundamental da empresa, que há cerca de três anos passa por um processo de transformação para aperfeiçoar processos internos, sistemas e operação, com a adoção da plataforma Net Promoter Score (NPS), uma metodologia utilizada mundialmente para medir lealdade à marca. “O indicador tem possibilitado a identificação de nós que precisam ser desatados e a formulação de planos de ação para melhorar a experiência dos nossos clientes e de todos os nossos públicos”, explica Rocha.

Investir em comunicação e gestão mais modernas também faz parte do escopo do atendimento da Bradesco Saúde. “Estamos atentos a essa evolução dos meios de comunicação, fruto dos avanços tecnológicos e do uso mais interativo das ferramentas, e temos atuado no sentido de oferecer mais do que conteúdo, dar mais transparência aos produtos e serviços, levando informação precisa a todos os clientes”, diz o diretor-geral da Bradesco Saúde e da Mediservice, Manoel Peres. Segundo ele, a empresa está preocupada em oferecer canais de atendimento e serviço por meio da web e dispositivos móveis. O executivo cita, como exemplos, o “Juntos pela Saúde” – conjunto de soluções e serviços voltados para prevenção de fatores de risco –, o “Meu Doutor”, que permite agendamento online de consultas, e os aplicativos da Bradesco Saúde para iPhone e iPad, que disponibilizam de maneira inteligente e ágil uma série de serviços.

A construção de um relacionamento de valor com o cliente requer uma forte presença digital por meio de aplicativos, redes sociais e sites, na opinião do vice-presidente de projetos, estratégia e marketing da SulAmérica, Carlos Alberto Trindade Filho. “A SulAmérica está presente nas redes sociais com mais de 1,4 milhão de usuários em seus perfis, com alta de 42% em engajamento apenas no ano passado. Também acumulamos 1 milhão de downloads do aplicativo SulAmérica Saúde, com mais de 10 milhões de transações só em 2016”, contabiliza.

Para Rodolfo Medina, presidente da Artplan, agência de publicidade que atende a Amil, diferentemente da publicidade tradicional, em que os consumidores absorvem uma mensagem predeterminada de uma marca, nas redes sociais e canais de conteúdo impera maior transparência com aqueles que têm interesse em consumi-la. “Conteúdo passa a ser uma forma extremamente eficaz de engajar as pessoas em conversas relevantes, elevando o nível da discussão sobre um assunto importante”, completa, citando como exemplo a plataforma de comunicação desenvolvida para a Amil, que tem como foco o combate à obesidade infantil.

Investir em inovação e em comunicação e ter forte presença digital são algumas das soluções para estreitar o relacionamento com os consumidores

continuar lendo